Em 1950 as rádios não eram tão abundantes quanto hoje.
Naquela época, se você não gostasse das opções que estavam dentro da escala do seu rádio, a opção mais viável era desligar o rádio e ouvir o barulho da estrada ou o ruído do motor.
Como dizem que a necessidade é a mãe da invenção, o norte-americano Peter Goldmark acabou de vez com a monotonia da época.
Em 1956, ele foi capaz de oferecer aos compradores de novos modelos Chrysler um toca discos.
O aparelho era montado na parte inferior do painel e ligado diretamente no rádio do carro.
Ao pressionar um botão na frente da porta do player, ele se abria. Um prato deslizava para fora e o passageiro encaixava o disco. Obviamente, manter a agulha sempre no caminho certo era um exercício de paciência.
Confira abaixo, alguns modelos vendidos na época. Comparados com os modernos aparelhos de hoje, é difícil imaginar como eles podiam trazer algum tipo de diversão.
Agradecemos ao Sr Vinicio Chaves, pelo email enviado com o assunto.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up