A Mitsubishi entrou no segmento dos sedãs e apresentou no Brasil o Lancer, modelo inspirado no esportivo Evolution X e que se junta ao Sportback Ralliart, apresentado na semana passada.

Por fora, as maçanetas, retrovisores e para-choques são na cor da carroceria. A grade é no estilo jetfighter em formato de trapézio e a ponteira de escape é cromada.

O novo sedã entra no mercado com três versões de acabamento, todas com motor 2.0 a gasolina de 4 cilindros e 16V, que entrega 160 cv de potência e 20 mkgf de torque, acoplado a uma transmissão manual de cinco marchas ou automática CVT de seis velocidades, com opçõa de trocas por meio de borboletas no volante.

De série, o Lancer vem com rodas aro 18, sensor dos faróis e de chuva, piloto automático, computador de bordo, alarme, vidros e travas elétricos, freios ABS com EBD e BAS e nove airbags (dois frontais, dois laterais, quatro de cortina e um de joelho para o motorista).

A versão topo de linha GT inclui computador de bordo em LCD colorido, bancos em couro, sistema multimídia com tela touch, GPS, CD, DVD e MP3 Player e entrada USB com interface para iPod. Além disso, o Lancer GT pode vir equipado com faróis de duplo xenônio com regulagem automática da altura do facho, lavador do farol, espelho retrovisor interno eletrocrômico e sistema direcional AFS, que ativa um farol lateral quando o motorista vira o volante.

Com três anos de garantia sem limite de quilometragem, o Lancer 2.0 custa R$ 67.990 na versão com câmbio manual, R$ 73.990 com transmissão CVT, R$ 85.990 na versão GT e R$ 89.990 na GT com opcionais.

Fonte: Quatro Rodas


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *